A opressão e a incompreensão são problemas enfrentados pelas mulheres em todo o mundo. Contudo, o ativismo feminista tem crescido de maneira significativa nos últimos anos. Com a ajuda da internet e das redes sociais, as mulheres se tornaram mais unidas e organizadas do que nunca. Elas estão transformando a cultura e mudando a forma como o mundo as percebe.

Um dos principais pontos de luta da resistência feminista é o direito ao próprio corpo. A liberdade de escolher quando e como ter filhos, e a proteção contra o abuso sexual e a violência são alguns dos principais pontos. As mulheres estão liderando movimentos para acabar com a cultura do estupro, proteger a saúde reprodutiva e promover a educação sexual.

Outra questão importante enfrentada pelas mulheres é a desigualdade salarial. As mulheres ainda ganham menos do que os homens pelo mesmo trabalho em muitos países. A resistência feminista busca acabar com essa disparidade e defender a igualdade de salário.

Mas a luta feminista não é apenas sobre mulheres brancas ou heterossexuais. Mulheres de todos os tipos, incluindo pessoas trans e não-binárias, devem ser incluídas na luta pela igualdade. A resistência feminista é sobre ouvir as vozes das mulheres que ainda têm pouca chance de serem ouvidas.

A luta feminista é também sobre resistir e rejeitar as expectativas culturais prejudiciais sobre o que significa ser mulher. Por muito tempo, a sociedade se focou em limitar as mulheres - dizendo-lhes o que podem e não podem fazer, com quem devem ou não se associar. A resistência feminista está mostrando que as mulheres são capazes de fazer o que quiserem e ser quem quiserem.

Por fim, a luta feminista é sobre transformação social. É sobre rejeitar um sistema que marginaliza as mulheres em favor dos homens. É sobre criar um mundo onde as mulheres são valorizadas e respeitadas, onde as diferenças são celebradas em vez de suprimidas. A hora de derrubar o sistema é agora.

Em conclusão, a resistência feminista é uma força poderosa que está transformando o mundo em que vivemos. As mulheres estão liderando a luta por igualdade e justiça, e a hora de derrubar o sistema opressor e construir um mundo mais igualitário é agora. Fique do lado certo da história e junte-se à resistência feminista.